Notícias

Monitor de mídia de segurança social

Notícias

Monitor de mídia de segurança social

O Social Security Media Monitor oferece uma seleção de artigos de notícias sobre segurança social da mídia em todo o mundo. Embora sejam feitos todos os esforços para garantir a precisão, o ISSA não é responsável pelo conteúdo de sites externos.

25 2021 fevereiro
Mexico: Reforms to the Mandatory Account Individual Account Program

Social Security Association (25.02.2021) On January 1, Mexico's government implemented reforms to the country's mandatory individual account pension program that include increasing employer contributions, adjusting government contributions, reducing the minimum contributions required for an old-age pension, boosting the guaranteed minimum pension, and capping administrative fees. The government finalized the changes on December 16, 2020, after reaching a reform agreement with Mexico's largest private-sector employer and trade union associations in July 2020. The reforms are intended to increase participation in the individual account program—particularly among lower income workers—by improving the adequacy of old-age pensions provided by the program. The government estimates that the reforms will increase future pensions by an average of 40 percent. (The pension increase could be as high as 103 percent for lifelong minimum-wage workers.)

The key provisions of the reform law—effective January 1 unless otherwise noted—include: Increasing employer contributions: Starting in 2023, employer contributions for the individual account old-age pension will increase for all employees earning more than the minimum wage. (The legal daily minimum wage is currently 141.70 pesos [US$6.98]; 213.39 pesos [US$10.52] in certain northern border areas.) This will be facilitated by replacing the current fixed employer contribution rate with one that increases with an employee's average daily earnings based on 8 salary bands. From 2023 to 2030, the contribution rates for the highest 7 salary bands will gradually increase from the current rate of 5.15 percent of daily covered payroll until they range from 6.202 percent to 13.875 percent. The contribution rate for the lowest salary band (the legal monthly minimum wage) will remain at the current rate. (The employee contribution rate will remain unchanged at 1.125 percent of daily covered earnings.) Adjusting government contributions: Starting in 2023, the government's contributions for the individual account old-age pension will be targeted more at lower income workers. Currently, the government contributes 0.225 percent of daily covered earnings for all workers plus a fixed daily amount of up to 6.09312 pesos (US$0.30) for workers with average daily earnings up to 15 Units of Measure and Adjustment (Unidad de Medida y Actualización, or UMA; the daily UMA is currently equal to 89.62 pesos [US$4.42]). Under the new rules, the 0.225-percent contribution will be eliminated, the maximum fixed daily amount will increase to 10.75 pesos (US$0.53), and only workers with earnings up to 4 UMAs will receive the subsidy. In addition, the government will pay a fixed daily amount of up to 2.45 pesos (US$0.12) for workers with earnings from 4.01 UMAs to 7.09 UMAs for 2023 only. Reducing required minimum contributions: The minimum weeks of contributions needed to qualify for an old-age pension decreased from 1,250 to 750. Starting in 2022, the minimum weeks of contributions will increase by 25 weeks a year until reaching 1,000 weeks in 2031. Boosting the guaranteed minimum pension: The guaranteed minimum pension increased from 3,289 pesos (US$162.12) a month to an average of 4,345 pesos (US$214.17) a month. The actual amount paid under the new rules ranges from 2,622 pesos (US$129.24) a month to 8,241 pesos (US$406.21) a month, depending on the insured person's age at retirement, contribution record, and average covered lifetime earnings. The guaranteed minimum pension amounts will be adjusted each February based on changes in Mexico's national consumer price index. Capping administrative fees: Starting in 2022, the fees charged by pension fund management companies (Administradoras de Fondos para el Retiro) for administering the individual account program cannot exceed a limit based on the average administrative fees for defined contribution pension programs in Chile, Colombia, and the United States. Once it is set, this new administrative fee cap can never increase, even if the peer-country average later rises.

Mexico's old-age pension system consists of the mandatory individual account program, a legacy social insurance program, and a universal program. Both the individual account and social insurance programs cover private-sector employees and cooperative members, but the social insurance program was closed to new enrollees on July 1, 1997, when the individual account program was introduced. (Individuals who were covered by the social insurance program before this date can choose to receive a social insurance old-age pension at retirement.) The normal retirement age for the individual account and social insurance programs is 65. (Early retirement is possible under the individual account program.) The universal program covers all residents of Mexico and can be claimed at age 65 (for indigenous persons) or age 68 (for other covered individuals).

25 2021 fevereiro
Singapore: Introduction of Government Match for Provident Fund Catch-up Contributions

Social Security Administration (25.02.2021) Singapore Introduces Government Match for Provident Fund Catch-up Contributions In January, Singapore's Central Provident Fund (CPF) Board introduced the Matched Retirement Savings Scheme, a program that provides a dollar-for-dollar government match of up to S$600 (US$450.56) per year in catch-up contributions for qualifying CPF members from 2021 to 2025. To be eligible, a CPF member must be aged 55 to 70; have a Retirement Account (RA) balance of less than the Basic Retirement Sum (currently S$93,000 [US$69,836.69]); have average monthly income not exceeding S$4,000 (US$3,003.73); and meet certain asset limits. Anyone can make the catch-up contributions for eligible CPF members, including the members, their families, and their employers. (Catch-up contributions with no government match are allowed for all CPF members with account balances up to a certain limit that varies by age. The government provides tax incentives for up to S$7,000 [US$5,256.52] of catch-up contributions each year.) According to the government, around 440,000 CPF members, representing 53 percent of all members aged 55 to 70, are eligible for the program.

The CPF is a publicly managed provident fund program that is mandatory for most workers (including most public-sector workers) and voluntary for all other workers. Employers contribute 17 percent of monthly payroll greater than S$50 (US$37.55) for employees aged 55 or younger, 13 percent for employees aged 56 to 60, 9 percent for employees aged 61 to 65, or 13 percent for employees aged 66 or older. CPF members contribute 20 percent of monthly earnings of at least S$750 (US$563.20) if aged 55 or younger, 13 percent if aged 56 to 60, 7.5 percent if aged 61 to 65, or 5 percent if aged 66 or older. (CPF members earning at least S$500 [US$375.47] but less than S$750 a month pay a flat monthly amount based on their age and earnings.) CPF contributions are allocated into three different individual accounts: (1) an Ordinary Account (OA) that can be used to finance the purchase of a home, life and mortgage insurance, education, and investments in approved retirement-related financial products (for funds over S$20,000 [US$15,018.64]); (2) a Special Account (SA) that is principally for retirement, but funds over S$40,000 (US$30,037.29) can be invested in approved retirement-related financial products; and (3) a MediSave Account for certain hospitalization and medical expenses. Upon reaching age 55, a fourth account—the RA—is created from the combined account balances of the OA and SA accounts. Funds from the RA can be withdrawn for retirement as early as age 55 if the RA balance exceeds a certain minimum; otherwise, the standard payout age for CPF retirement benefits is 65.

25 2021 fevereiro
Canada: Québec (Canada) Introduces Occupational Pension Plan

Social Security Agency (25.02.2021) On December 11, Québec's government approved a law introducing the Target Benefit Pension Plan (TBPP), an occupational pension plan that combines certain features of existing defined contribution (DC) and defined benefit (DB) plans. Like a DC plan, a TBPP is funded with employee and employer contributions paid at fixed rates and does not provide guaranteed benefits. However, by pooling its members' assets and setting a target benefit level, a TBPP can provide workers with a predictable periodic pension at retirement like a DB plan. The main objective behind the TBPP is to offer Québec's employers and workers another alternative to traditional DB plans, which have been in decline for many years. Additional regulatory guidance on the TBPP is expected by the end of 2023 from Retraite Québec, which supervises the province's mandatory and voluntary pension plans.

18 2021 fevereiro
France: L’EN3S lance sa plateforme en ligne « une saison avec la sécu »

Education et solidarité (15.02.2021) L’Ecole nationale supérieure de Sécurité sociale (EN3S), vient de lancer un tout nouveau programme intitulé : « une saison avec la Sécu ». Créé dans le sillage des rencontres « une journée avec la sécu », ce nouveau dispositif pédagogique est entièrement virtuel et s’adresse aux enseignant.e.s et leurs classes allant du second degré à l’enseignement supérieur en France. Son principal objectif ? Renforcer l’éducation à la solidarité et à la citoyenneté sociale.  

11 2021 fevereiro
Reino Unido: um estímulo à família - apoiando crianças, famílias e a economia durante a pandemia 

Development Pathways (08.02.2021) O jornal defende um “estímulo familiar” no Reino Unido, aconselhando o governo a aumentar urgentemente a renda das famílias duramente atingidas pela pandemia por meio do sistema de seguridade social, bem como direcionar o investimento em cuidados infantis para garantir que este setor continue operando.

8 2021 fevereiro
Comissão lança debate sobre como responder ao impacto do envelhecimento da população

europa.eu (28.02.2021) A Comissão Europeia apresentou um Livro Verde para lançar um amplo debate político sobre os desafios e oportunidades do envelhecimento da sociedade europeia. Apresenta o impacto desta tendência demográfica pronunciada na nossa economia e sociedade e convida o público a expressar a sua opinião sobre como responder a esta situação numa consulta pública, que decorrerá durante 12 semanas.

5 2021 fevereiro
Como a tecnologia pode ser implantada para aumentar a proteção social durante o COVID-19: O caso da África do Sul, Nigéria e África

Research ICT Africa (janeiro de 2021) Este resumo da política de RIA examina como a tecnologia, como inteligência artificial (IA), pode ser implantada para dimensionar programas de proteção social, bem como reduzir a corrupção no desembolso de bolsas de proteção social, que o COVID-19 bloqueia , revelaram que são linhas vitais para os mais vulneráveis.

5 2021 fevereiro
Pacote de assistência social COVID-19 da Índia e seu impacto no setor agrícola

sciencedirect.com (2021) COVID-19 induziu interrupções econômicas e sociais significativas na Índia. Os agregados familiares rurais, incluindo pequenos proprietários, foram afectados pela perda de rendimentos, meios de subsistência e rendimentos agrícolas e não agrícolas dos migrantes. Durante este bloqueio, o governo indiano promulgou várias legislações de emergência para fornecer ajuda direta e indireta aos trabalhadores e famílias. O pacote de assistência social COVID-19 da Índia, a saber, PM-GKY, anunciado em março de 2020, foi projetado para fornecer alívio imediato à população vulnerável. O PM-GKY forneceu transferências de benefícios diretos em dinheiro (DBT) e apoios em espécie (IKS) por meio de esquemas existentes.

5 2021 fevereiro
Índia: ESIC, outras redes de segurança social para cobrir trabalhadores da economia gigante

The Indian Express (02.02.2021) O Orçamento para 2021-22 (abril-março) também propõe o lançamento de um portal que coletaria informações relevantes sobre os trabalhadores da gig Economy, incluindo aqueles que trabalham na construção civil, entre outros.

5 2021 fevereiro
Pacote de assistência social COVID-19 da Índia e seu impacto no setor agrícola - ScienceDirect

sciencedirect.com (2021) COVID-19 induziu interrupções econômicas e sociais significativas na Índia. Os agregados familiares rurais, incluindo pequenos proprietários, foram afectados pela perda de rendimentos, meios de subsistência e rendimentos agrícolas e não agrícolas dos migrantes. Durante este bloqueio, o governo indiano promulgou várias legislações de emergência para fornecer ajuda direta e indireta aos trabalhadores e famílias. O pacote de assistência social COVID-19 da Índia, a saber, PM-GKY, anunciado em março de 2020, foi projetado para fornecer alívio imediato à população vulnerável. O PM-GKY forneceu transferências de benefícios diretos em dinheiro (DBT) e apoios em espécie (IKS) por meio de esquemas existentes.

4 2021 fevereiro
COVID-19 e segurança alimentar na Etiópia: os programas de proteção social protegem?

worldbank.org (01.02.2021) A pandemia COVID-19 está testando os sistemas globais de alimentos e proteção social em uma escala sem precedentes. A propagação da pandemia está perturbando os sistemas alimentares e minando a segurança alimentar e nutricional das famílias.

2 2021 fevereiro
Oxfam: O relatório do vírus da desigualdade

Oxfam (fevereiro de 2021) O relatório mostra que COVID-19 tem o potencial de aumentar a desigualdade econômica em quase todos os países ao mesmo tempo, a primeira vez que isso aconteceu desde que os registros começaram, há mais de um século. O aumento da desigualdade significa que pode levar pelo menos 14 vezes mais tempo para que o número de pessoas que vivem na pobreza retorne aos níveis pré-pandêmicos do que levou para as fortunas dos mil bilionários, principalmente homens brancos, se recuperar.

 

2 2021 fevereiro
Os COVIDs levaram a perdas "massivas" de rendimento e produtividade, mostram estimativas de trabalho da ONU

Notícias da ONU (25.02.2021) A perda de empregos ou redução da jornada de trabalho devido ao impacto da pandemia COVID-19 custou ao mundo o equivalente a 255 milhões de empregos em 2020, disse a Organização Internacional do Trabalho (OIT) da ONU nesta segunda-feira, observando que o O “impacto massivo” foi quase quatro vezes o número perdido durante a crise financeira global de 2009. 

26 de Janeiro de 2021
A Covid-19 custou aos trabalhadores globais US $ 3.7 trilhões em perda de rendimentos, diz a OIT

The Guardian (25.01.2021) Mulheres e jovens trabalhadores são os responsáveis ​​pela perda de empregos e redução de horas de trabalho, afirma o órgão de trabalho da ONU

26 de Janeiro de 2021
Maldivas-ONU assinam projeto de digitalização de serviços sociais para proteger mulheres e crianças

A edição (21.01.2021) A Organização das Nações Unidas (ONU) e as Maldivas assinaram na quinta-feira um documento de projeto de digitalização dos serviços sociais para melhor proteger mulheres e meninas da pobreza e da violência em situações de emergência. Intitulado 'Protegendo Mulheres e Crianças: Digitalizando e Racionalizando os Serviços Sociais e Criando uma Plataforma Unificada para a Assistência Nacional', o projeto visa melhorar os benefícios e serviços de proteção social de resposta a choques direcionados a mulheres e meninas, a fim de evitar que caiam na pobreza e protegê-los da violência em situações socioeconômicas e de emergência prolongadas, como o COVID-19 em andamento. pandemia.

26 de Janeiro de 2021
Covid-19: Desmascarando notícias falsas entre moradores de favelas

ideasforindia.in (21.01.2021) Moradores de favelas urbanas estão entre os grupos que correm maior risco de contrair Covid-19, e sua situação precária é ainda agravada pela desinformação galopante sobre o vírus. Com base em uma pesquisa com cerca de 4,000 famílias em favelas em Uttar Pradesh, este artigo mostra que mensagens telefônicas gravadas de médicos dando informações sobre a Covid-19 - junto com altos incentivos financeiros para prestar atenção - podem desmascarar notícias falsas relacionadas.

14 de Janeiro de 2021
COVID-19, o contrato social e a necessidade de um novo normativo de proteção social

Caminhos de desenvolvimento (janeiro de 2021) David Hillson analisa o papel histórico recente do contrato social na proteção social no contexto do COVID-19. Ele argumenta que o contrato social tem sido central para enormes avanços socioeconômicos e é um produto e reflexo de cada zeitgeist político. David conclui que agora é o momento de criar um novo normal de proteção social inclusivo e universal para ajudar a remodelar as sociedades durante o período de pandemia e depois.

12 de Janeiro de 2021
EUA: Repensando o seguro social: Políticas para proteger trabalhadores e famílias

brookings.edu (07.01.2021) Na primavera de 2020, em resposta à pandemia COVID-19 e sua recessão associada, os formuladores de políticas originaram expansões significativas no seguro social, incluindo benefícios de seguro-desemprego, créditos fiscais reembolsáveis ​​e licenças pagas. Por causa dessa expansão, o domicílio médio experimentou um aumento no poder de compra, mesmo com o mercado de trabalho e a remuneração dos empregados contraindo fortemente durante a primavera de 2020. No entanto, como algumas dessas expansões foram temporárias, o apoio do seguro social diminuiu significativamente após o primavera, mesmo com o mercado de trabalho apenas parcialmente recuperado.

7 de Janeiro de 2021
EUA: Acordo de estímulo é uma tábua de salvação necessária para a economia, mas provavelmente será necessária mais ajuda em 2021

The Washington Post (21.12.2020) A maior preocupação com o projeto é que a ajuda não dura o suficiente

7 de Janeiro de 2021
Esta empresa está combinando chamadas de vídeo com clínicas pop-up para ajudar mais pessoas a obter os cuidados de que precisam

weforum.org (06.01.2021) O uso de telemedicina aumentou durante a pandemia de COVID-19. A start-up Carbon Health está trabalhando para torná-la acessível às comunidades carentes. Seu fundador diz que reduziu custos usando tecnologia para melhorar a eficiência. Sua empresa usa clínicas pop-up para fornecer tratamentos e testes COVID-19; os pacientes podem marcar consultas usando um aplicativo de smartphone.